quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O MEU MELHOR

Se um dia forem falar de mim,
digam que fui um homem feliz,
apesar de tantos erros que cometi.
Digam que tive pais amorosos,
irmão amados e avós que lembro, sempre, com carinho.
Digam, para o meu filho, que eu o amei absurdamente,
em cada centímetro de distância,
em todos os meus gestos e momentos,
e até quando não pude ser um bom pai.
Digam, para os meus amigos, que só me tornei possível
porque os tive juntos de mim.
E que não errei mais, porque eles não me deram essa chance.
Afirmem, para todos, que vivi a vida que eu desejei,
mesmo tendo deixado escapar, momentos que deveria ter vivido.
E sobretudo, que fiz o melhor que pude fazer.

2 comentários:

Suany disse...

Obrigada, filho.
Pena que seus avós, que ali são lembrados, não tenham tido a oportunidade de conhecer o Rofolfo que se vira pelo avesso escrevendo palavras tão bonitas e sensíveis. Tenho certeza de que ficariam muito orgulhosos.

EDIANNE disse...

UMA HOMENAGEM EM VIDA...LINDO POEMA!